Nome do Palestrante:
Faixa de Honorários:
Categoria:
  • image
  • image

Suzi fleury

Nasceu em Recife (1959) onde viveu com seus pais Rubem (militar reformado) e Nilda (artesã) e, com seus irmãos mais novos Carlos (Representante de Vendas) e Junior (Arquiteto) até mudar-se para o Rio de Janeiro e dois anos depois, para Florianópolis. Em Floripa iniciou seus estudos em Psicologia pela UFSC (1978), entrou no mercado de trabalho como Auxiliar de Professora Maternal (Colégio Coração de Jesus) e como Produtora e Apresentadora de Programas Infantis (TV Cultura de SC).

Em 1980, casou-se com o Gaúcho Vasco Fleury, Engenheiro e Empresário, e fez o seu “Gol de Placa” quando teve seu único filho Guilherme Fleury (1981), Redator Publicitário da DPZ. Nesta época diante de um grave problema de saúde (Púrpura Trombocitopênica) que a levou a retirar o baço, contratou a Super Cida, considerada um “anjo da guarda” da família e que continua com ela até hoje.

Depois de residir por 5 anos em Floripa, precisou mudar-se para São Paulo (1982), em função da transferência profissional de seu esposo e mais uma vez teve que enfrentar os novos desafios que a vida lhe reservava como: encarar uma grande metrópole com um filho pequeno, a transferência da faculdade e a luta pela sobrevivência financeira.

Após matricular-se na Faculdade Objetivo para concluir seus estudos, tratou de vender produtos Natura para contribuir com a renda familiar, mas Suzy queria mais. Solicitou ao Professor Sigmar Malvezi um estágio em Psicologia Organizacional e ele lhe recomendou participar de uma seleção na Johnson & Johnson (1984). Foi na J&J que consolidou seus valores e conheceu os fundamentos do Treinamento e Desenvolvimento Gerencial.

“A Johnson & Johnson foi mais uma bênção na minha vida porque lá pude conviver e aprender com pessoas da grandeza e importância de Nelson Saviolli, Jorge Fornari Gomes, Argemiro Domingos e Lucia Meile, a quem sou eternamente grata”.

Depois da J&J, participou de um grande processo seletivo de Treinee em RH, no Grupo Pão de Açúcar (1986), concorrendo com mais de 400 pessoas para disputar as 5 vagas disponíveis. No Pão de Açúcar aumentou sua paixão pelo Treinamento e Desenvolvimento e de lá seguiu para uma carreira solo, em sua ACADEMIA EMOCIONAL.

Em 1993, quando ministrava Palestra Empresarial em Atibaia, conheceu Vanderlei Luxemburgo que estava assumindo a equipe do Palmeiras naquela oportunidade. Desse encontro casual, iniciou sua atuação como Psicóloga de Equipes de Futebol atuando com os melhores jogadores Brasileiros como Ronaldo, Rogério Ceni, Raí, Evair, Zetti, Cafú, Roberto Carlos, Dida, Antonio Carlos, Ronaldinho, Lúcio, e muitos outros e com os Clubes:

*1993 – Palmeiras (Vanderlei Luxemburgo)

*1994 – Palmeiras (Vanderlei Luxemburgo)

*1996 – Palmeiras (Vanderlei Luxemburgo)

*1997 – Santos (Vanderlei Luxemburgo)

*1998 – Corinthians e Seleção (Vanderlei Luxemburgo)

*1999 – Corinthians e Seleção (Osvaldo de Oliveira e Vanderlei Luxemburgo)

*2000 – São Paulo e Seleção (Levir Culpi e Vanderlei Luxemburgo);

*2001 – Clube Atlético PR (Geninho)

*2002 – Goiás (Nelsinho Batista)

*2003/atual – Academia Emocional onde atende os melhores Atletas, Treinadores e Clubes Brasileiros.

Atualmente, Suzy Fleury atende Atletas e Executivos em sua Academia Emocional, em São Paulo, com sessões individuais de Coaching, além de desenvolver trabalhos com Clubes Esportivos e Empresas, cujo objetivo é:

Incrementar performance e resultados;

Planejamento estratégico;Alinhamento de equipes;

Desenvolvimento da Inteligência Emocional;

Gerenciamento de crises;

Temas de Palestras: Liderança de Resultados

 

A liderança talvez seja o assunto mais popular na área dos negócios. Há pelo menos dois mil anos se debate sobre líderes e liderança. Seguidores precisam de líderes capazes de antecipar o futuro, que compreendem a interdependência do mundo onde tudo está conectado de forma sistêmica.

 

Objetivo: provocar insights na maneira de pensar do líder para que descubra novas formas de sobreviver a esse novo tempo de mudanças constantes.

Vencer: Equipes que fazem acontecer

 

A sede de vitória é tão antiga quanto à própria existência humana. O impulso de perseguir a glória pode levar atletas a darem o melhor de si, superando os seus próprios limites. Por isso, o esporte exerce um enorme fascínio em todos nós e se apresenta como uma fonte inesgotável de aprendizagens sobre a luta apaixonada pela excelência da mente, do corpo e da alma. Líderes que vencem crises e reinventam negócios estão diante de um novo jogo, então, como jogar para vencer?

Objetivo: identificar as estratégias mentais das equipes vencedoras, checar se estão utilizando essas estratégias e antecipar o futuro.

Temas abordados:

Coaching

Liderança

Trabalho em equipe

Para contratar clique aqui


Mais artigos...

  1. Vera Poder

Vídeos em Destaque

Informações Adicionais