Alex Dias Ribeiro



É o elo de ligação entre o principio MAIS QUE VENCEDOR... e a realidade de um ser humano na busca de sua identidade e sentido para a vida.
Foi escrito em cima da história de Alex Dias Ribeiro de forma que aautobiografia do autor é o veículo que transporta o principio até o leitor.
Três quartos da narrativa ocorrem nos anos 70 quando Alex vive no fio da navalha em um tempo em que automobilismo mata um piloto a cada 10 acidentes.
Em sua parte final, fala de sua participação nas copas do mundo junto c/ os Atletas de Cristo na Seleção Brasileira.
A ação se desenvolve em ambientes de muita pressão onde experiências de  anos e décadas são vividas em minutos e frações de segundos.
Não é um livro do tipo “ Como vencer na vida sem fazer força” ou “Como ser vencedor em 10 lições”, nem se baseia em grandes tratados de psicologia. 

Navegar é preciso, já dizia o poeta. Navegar em meio às tempestades de nossas vidas significa sobreviver à tormenta com ventos desfavoráveis.
Alex aprendeu não só com seus erros e acertos mas acima de tudo com a ajuda divina, que no seu caso funcionou como uma bússola. 
O tipo de ajuda que este livro pode te dar está na identificação entre suas  experiências de vida e as que Alex viveu em sua carreira. 
O livro se divide em 4 tempos:
1 - Bons tempos
2 - Vacas magras
3 - Vacas gordas
4 - Novos caminhos (Escrito depois de 1997)
Só então o autor pôde fazer a releitura de sua história e partir para a re-significação de sua existência.
A experiência foi tão gratificante que Alex não resistiu ao impulso de compartilhar esse novo e maravilhoso achado com o maior número possível de pessoas.
E foi aí que surgiu a idéia de pôr tudo isso no papel sob a forma de um livro de “Auto Ajuda”.
- Eu nuca pensei que uma dona de casa, como eu, pudesse ter tanta coisa em comum com os pilotos de Formula 1, até o dia em que lí este livro. Esta frase de Cida Yoshima me fez abrir os olhos para a responsabilidade de produzir um livro destinado não só aos aficionados do automobilismo, mas a um público o mais amplo possível.
O drama se desenvolve em 25 atos (capítulos) ao longo de 256 páginas, com prefácio de Reginaldo Leme, comentarista de F1 da TV Globo e depoimentos dos pilotos Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet, Chico Serra, Jackie Stewart e atletas como João Leite, Baltazar, Silas, Zé Sergio, Taffarel, César Sampaio e outros.
“MAIS QUE VENCEDOR – Mesmo não sendo o campeão do mundo”

Temas abordados:
Motivação

Cidade de Origem:
Belo Horizonte

Clique aqui

 

Para contratar ligue: (11)2221-8406

Vídeos Relacionados

Informações Adicionais