Chute seu próprio traseiro

É muito provável que você já tenha visto em algum lugar aquela imagem do burrinho correndo atrás de uma cenoura. Essa imagem é usada no mundo corporativo para mostrar que as pessoas precisam ter um motivo para entrarem em ação. Trabalhar por um salário é uma dessas cenouras. Prêmios e bonificações também são. Isso faz com que as pessoas se dediquem mais para conquistar o “grande prêmio”, certo? Até pouco tempo, esse era o padrão de recompensa e motivação. Isso está mudando! As pessoas não aceitam apenas a cenoura, elas querem algo mais, querem algo que valha a pena dedicar seu tempo e sua energia, e em ultima instância, sua vida!

Por isso, quero perguntar a você; quais são atuais motivações? Pelo que tem investido seu tempo e energia? Em que momento você se coloca em posição de decidir qual o melhor momento de entrar em ação? Você fica esperando alguma recompensa externa para fazer as coisas?

Devido à natureza mutante dos cenários externos, muitas pessoas criaram o hábito de aguardar um aumento ou uma promoção para dar o melhor de si. É ai que muitos acabam perdendo “o bonde” da história, simplesmente porque ainda não enxergaram que é preciso se antecipar às mudanças e não apenas reagir a elas.

O mundo de hoje precisa de profissionais com um novo perfil. O de líder empreendedor, este é o profissional que é movido pela visão e pela incessante busca pela excelência. Esses são motivadores internos. Esse profissional sabe que não dá mais tempo de esperar o país melhorar ou ter absoluta certeza de que as coisas irão dar certo para entrar em ação. A competitividade exige deste novo profissional decisões rápidas e trabalho dobrado e porque não dizer triplicado. Para esse mundo completamente novo, se exige atitudes totalmente novas. O que você está fazendo para conseguir aquilo que quer? O escritor Norte Americano Jeffrey Gitomer diz que nos dias de hoje é preciso que você aprenda a chutar seu próprio traseiro. Ou seja, você precisa encontrar uma forma de se auto-motivar constantemente.

Não espere que seu chefe, esposa, filho, vizinho o motive a fazer as coisas. É nos momentos de decisão que o líder mostra seu caráter! Você deve assumir o compromisso com você mesmo de que vai fazer as coisas sem precisar correr “atrás da cenoura”. Levante cedo, durma tarde, pare de ver programas de TV que não vai levá-lo a lugar algum e se prepare para vencer, pois ninguém fará isso por você. A melhor forma de continuar motivado é estabelecer um novo padrão de ação e ter a consciência de que você é o único responsável pelo seu próprio sucesso.

"Fernando Oliveira"
é Ator-Humorista e Palestrante Motivacional. Trainer em PNL (Programação Neurolingüística), Há vários anos apresenta seus personagens em...

 

Clique aqui

 

Informações Adicionais