O Emprego Perfeito

Realizamos palestras por todo o Brasil para empresas de pequeno, médio e grande porte, isto independente do número de pessoas e nunca escolhemos as empresas pelo seu porte ou status.
O que mais nos deixa surpreso é que a cada dia que passa vejo um número maior de pessoas desempregadas.
A pergunta que fica no ar é de quem será a culpa? Do mercado ou das pessoas?
Pela minha experiência, o maior problema deste país não é o desemprego e sim o desempregado.
Em primeiro lugar o mercado é exigente e todos os profissionais sabem que o analfabeto do futuro não será mais quem não sabe ler e sim que não quer aprender.
Devemos nos atualizar diariamente e enfrentar todos os desafios.
Como diz um velho ditado: vou vivendo e aprendendo uma lição a cada dia; hoje estou sabendo o que ontem eu não sabia.                                                                                                       
O segundo problema é que devemos saber que para se atingir o sucesso devemos ser humildes e subir a cada degrau ao seu tempo.
Ainda existem muitos profissionais que procuram a vida toda, o melhor emprego e nunca conseguem trabalhar em lugar algum; isso porque não se comprometem ou não se dedicam ao seu cargo ou a sua empresa, independente do tamanho dela ou dos benefícios por ela oferecidos temporariamente.

Abaixo uma história muito interessante que ilustra esta situação.

O marido sai de casa por alguns dias a procura do emprego perfeito.
O emprego que procurava era de gerente.
Dias após, retornou para casa. Sua esposa lhe pergunta:
_ encontrou o emprego perfeito em suas visitas?
O marido responde:
_ ao sul da cidade encontrei uma empresa que o salário era bom, horário flexível e mais ajuda de custo.
A esposa, entusiasmada, diz:
_acabou se empregando?
_Infelizmente, ela não era a empresa perfeita, era uma empresa de pequeno porte.
Fui para o norte da cidade e acabei encontrando uma outra empresa que era muito maior do que a primeira.
Ofereceu-me todos os benefícios que a primeira e mais: décimo quarto salário, bônus por produtividade e carro com tanque cheio.
A esposa:
_então, essa empresa era a perfeita?
_Não, respondeu o marido.
_O problema é que ficava muito longe da nossa casa, mesmo me fornecendo um veículo com tanque cheio.
_Mas, finalmente quando estava chegando em casa encontrei uma super empresa. Oferecia-me tudo o que as duas outras estavam oferecendo e mais, duas férias anuais, celular, notebook e uma secretária bilíngue.
_Então, pelo amor de Deus! nesta, acabou se empregando?
_Não, porque infelizmente agora foi a vez da empresa. Ela também estava "procurando o gerente perfeito".

CONCLUSÃO: Acredito que as pessoas tiram da vida exatamente o que investem nela.
O meu conselho é que, embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora a fazer um novo fim

Clique aqui

 

Informações Adicionais