Os jovens também compram...

Uma loja de conveniências estava tendo problemas com adolescentes passavam á noite no estacionamento. Contratar um guarda de segurança para espantar os adolescentes seria uma solução cara. A solução da loja foi tocar música clássica e suave pelos alto-falantes e os adolescentes sumiram dali.

A maioria das empresas procura estratégias para atrair mais clientes e essa loja estava descartando esse publico que poderia se tornar seu filão de mercado. Veja o exemplo de um banco Francês que está testando agências para clientes adolescentes na faixa dos vinte e poucos anos, o Banco da Geração Y. Esse banco não terá a aparência nem a linguagem de um banco. Todo o design, material gráfico, horário de trabalho, empregados e musica ambiente refletirão seu público-alvo. Nas agencias, serão promovidos seminários em que serão abordados temas como o aluguel do primeiro apartamento, financiamento de carros.

Essa é uma abordagem inteligente, lembre-se de que se trata de apenas um dos ramos de um negócio, pois reconhece o fato de que um produto ou serviço voltado para os clientes jovens será inacessível ao resto de nos.

Os adolescentes ainda são suficientemente jovens para serem dominados pela imagem, com toda a bajulação da propaganda, mensagens pela mídia, tendências e rótulos. Eles ainda acreditam no poder de uma marca de conferir status, serenidade, carisma, conhecimento. Ganhará mercado e conquistará esses clientes, que começar primeiro!

Clique aqui

Informações Adicionais