Seja o melhor que puder ser, seja você mesmo

Se você não puder ser alguém que tenha grande admiração, aprenda a ser quem você realmente merecer ser…você mesmo!

Querido amigo(a)

Dias atrás eu estava brincando com meu filho quando o ouvi dizer;

- Eu sou o Legolas (personagem do Senhor dos Anéis), sou o Gavião Arqueiro,  sou o homem de ferro,  entre outros super heróis atuais e outros nem tanto. Lembrei que comigo não foi nada diferente. Eu também tinha meus heróis, eu queria ser o Super homem, Homem Aranha, Batman,  entre tantos outros. Era uma época onde nossa imaginação está a todo vapor, e buscamos ser como aqueles que admiramos. Geralmente queremos nos tornar alguém que seja inspirador, forte, inteligente e “do bem”.

Comecei a refletir a respeito desse “desejo” que todo ser humano tem de querer ser outra pessoa, e me lembrei que existem dois grandes medos que fazem parte da humanidade; o medo de não ser amado e o medo de não ser suficientemente bom. E pensei; Ei,  talvez isso explique o fato de que mesmo depois de nos tornarmos adultos, ainda continuamos tentando ser outra pessoa. Eu mesmo passei anos e anos procurando personalidades que fossem modelos que pudessem me inspirar. Procurei aprender com cinema, com a tevê e com os grandes lideres da história, mas “de repente” me vi com quase 40 anos querendo ser alguém que não era eu mesmo, e a pergunta que me fiz foi;

-Porquê? pra quê?

Depois de tantos anos participando de cursos, da leitura de milhares de livros e de proferir milhares de palestras, eu ainda estava procurando por mim mesmo. Foi só em julho de 2009 quando participei da ousada aventura de buscar a visão para minha vida que tudo mudou. Participei de um processo,  brilhantemente dirigido por meu amigo Amauri Maverick, chamado “The vision Quest”,  a  busca da visão. Onde fiquei por cinco dias jejuando no alto de uma montanha na Chapada Diamantina, Bahia. Esse processo me ajudou a enxergar aquilo que de alguma forma eu já sabia; que tudo aquilo que eu precisava para ser feliz já se encontrava dentro de mim. O que eu precisava,  era aceitar esse fato, ponto! Saí dali pensando “pra que ser outra pessoa se é muito mais divertido ser você mesmo?”.

Talvez você não queira ser outra pessoa, mas talvez ainda não se aceite completamente, talvez sinta que não é suficientemente bom ou que não é amado, e isso faz você viver correndo, tentando ser algo que não é para agradar quem não precisa agradar. Portanto, pare de tentar ser outra pessoa, seja você!

Sei que não é fácil, mas você pode tentar, pode começar com uma pequena frase que já se tornou um hábito para mim, desde que comecei a declará-la. Todos os dias, eu me levanto, vou até a frente do espelho e digo;

- Eu me amo e me aceito com sou!

E você pode fazer isso também.

Tenha consciência de que você é uma poderosa força de Deus, acredite quando digo, você veio a esse mundo para brilhar e para realizar seu propósito.

Em 2013 seja o melhor que puder ser… seja você mesmo(a)!

Forte abraço e feliz ano novo!

Escrito por Fernando Oliveira
Para contratar este palestrante: (11) 2221-8406 ou

Clique aqui

 

Informações Adicionais