Dicas sobre organização para o departamento de compras

Frente a este mercado globalizado, comprar cada vez mais requer muito conhecimento e experiência. O que comprar frente ao grande numero diário de opções e lançamento de produtos novos pelas indústrias? De quem comprar? Como comprar? Com que frequência comprar? Que Quantidades Comprar? Quem compra o que?

São muitas as perguntas a serem feitas para mapear a organização necessária do departamento de compras.

Começaremos com algumas dicas de base.

Em primeiro lugar precisamos organizar o departamento de compras da empresa.

As compras podem ser locais ou por importação. Boa parte das empresas hoje já compra produtos importados, que muitas vezes oferecem uma boa relação custo beneficio e um preço altamente competitivo.

Os procedimentos de compra, que são respectivamente, a organização e preparação dos processos, o planejamento das compras, a avaliação de fornecedores, a seleção e analise de fornecedores, a concorrência ou cotação de compra, o julgamento, a negociação, a contratação da compra a diligência mento a entrega, a conferência da mercadoria e o encerramento do processo.

Podemos comprar de forma normal ou emergencial. Sempre que comprarmos de forma normal por consequência de um modelo consistente de planejamento de compras, a relação custo beneficio será sempre mais interessante.

Podemos comprar ainda por meio de concorrências repetitivas, por meio de contratos de fornecimento de médio e longo prazo,

Precisamos fazer a prospecção de fornecedores e um bom cadastro de fornecedores.

Precisamos avaliar sistematicamente os aspectos quantitativos e qualitativos na relação com nossos fornecedores, como por exemplo, preço, condições comerciais, prazo de entrega, prazo de visita, trocas, verbas de propaganda, entregas, documentação, dentre outros para verificar e agir conjuntamente na correção das não conformidades, então uma dica pode ser a de utilizar uma planilha para avaliação sistêmica de nossos fornecedores de produtos e serviços.

Avaliar questões como prazo, preço, qualidade, dentre outras que já mencionamos feedback dos usuários, e desempenho comercial de forma geral certamente contribuirão para fazer uma melhor classificação dos nossos fornecedores, para direcionar corretamente as aquisições e prover a exclusividade ou não no fornecimento de determinada categoria de produtos.

O interessante é organizar as compras relacionando as categorias de produtos com os grupos de fornecedores.

Definir preço de referência e um pré-teto na negociação de determinado produto pode acelerar bastante este processo.

Escrito por Paulo Magnus
Para contratar este palestrante: (11) 2221-8406 ou

Clique aqui

 

Informações Adicionais