Líderes Preguiçosos

Liderança não é arte!

Liderança é uma questão de inteligência! Inteligência por sua vez é uma questão de fazer boas escolhas de acordo com o tempo que se dispõe.

Líderes, diretores, chefes, gestores, supervisores, não importa qual terminologia sua empresa utiliza. O que importa mesmo é saber se os líderes da sua organização fazem o que deve ser feito.

Estou cansado de líderes preguiçosos. Sim, escrevo líderes por que hoje em dia por mais que a postura da pessoa seja a de “chefe” ela faz questão de se autodenominar “líder”.

Tudo bem! Eu me rendo à terminologia e não discuto como você prefere ser chamado, mas não desisto e chamo a sua atenção para o que chamo de Líderes Preguiçosos.

Para ser líder é preciso querer. Mas muitos parecem que estão fazendo um grande favor ao assumir tal posição. E por isso continuam fazendo as mesmas coisas que faziam antes. Conheço inúmeros profissionais que carregam no cartão de visitas o nome e logo abaixo o cargo “Diretor ou Gerente Vendas”, mas que na verdade são vendedores de grandes contas. Tentam por que tentam fazer com que os outros vendedores sejam iguais a ele. Nas manias, no jeito, a usar o mesmo vocabulário. E assim preguiçosamente, até trazem resultados para a empresa, atendem bem seus clientes, mas não tem como prioridade treinar e formar novos vendedores. Fazer uso de ferramentas de gestão nem pensar! Seu negócio é fazer caixa! Pegar o touro à unha e resolver o tem de ser resolvido no ato. Longo prazo é algo tão distante e irreal que nem vale à pena pensar.

O líder preguiçoso passa o dia apagando incêndios. Não reconhece as causas dos problemas e assim vive o dilema constrangedor de perder grande parte do seu tempo resolvendo os efeitos que uma péssima gestão produz. Dá uma preguiça danada conhecer bem os pontos fortes e os a desenvolver de cada membro da equipe. Para que essa história de colocar a “pessoa certa, no lugar certo?”. Para o líder preguiçoso tudo é óbvio! É óbvio que a pessoa deve ser motivada, dinâmica, comunicativa e criativa. Afinal, ele é assim!

O líder preguiçoso detesta um método. Seu negócio é fazer tudo como sempre foi feito e se algo dá errado ele pode culpar tudo e a todos, menos a si mesmo. O líder preguiçoso em sua concepção nunca falha. Quem falha são os outros. O líder preguiçoso acha bobagem definir metas claras, técnicas de vendas ou integração entre as pessoas da empresa. O cliente só quer preço baixo, entrega rápida e que o deixem em paz. Outros setores caem em desgraça por não enxergar o mundo corporativo como ele entende.

Líderes preguiçosos têm o seu próprio conceito sobre ética, gestão ou educação continuada. Detesta aprender, adora ensinar. Afinal, não existe nada que ele não saiba ou pelo menos tenha uma mínima noção do que seja. Claro que só fala sobre o que lhe convêm, não gosta de mudanças e ao perceber o surgimento de novos líderes ele dará um jeitinho de lembrar a pessoa quem é que manda ali.

O mundo está cheio de líderes preguiçosos que ao invés de se preocupar com o todo, com o bem-estar dos colaboradores e do cliente, passa o seu tempo centralizando funções, reclamando da equipe e falando que quando quer algo bem feito ele mesmo tem de fazer.

Esse artigo ta muito deprimente. Tão deprimente quanto os resultados de longo prazo que o dito líder preguiçoso irá trazer para a sua empresa.

Caso na sua empresa tenha algum chefe, opa desculpe, líder assim, sinceramente deixe de ser preguiçoso e livre-se dele!

Escrito por Paulo Araújo
Para contratar este palestrante: (11) 2221-8406 ou

Clique aqui

 

Informações Adicionais